COMANDO DE GREVE Nº 3

COMUNICADO CNG/ANDES-SN N.º 03

28/maio/2015

SUMÁRIO

Página
1. INFORMES 01
2. ENCAMINHAMENTOS 03
3. LISTA DE PRESENÇA 02
4. QUADRO ATUALIZADO DAS IFES EM GREVE 02

1) INFORMES

 

Quadro da Greve – Informe prestado por Maria Regina Moreira

Foi informado aos presentes o levantamento de que 18 Seções Sindicais estão em greve. Esses dados evidenciam que existe um grande número de Seções Sindicais debatendo a greve em torno da pauta nacional e local. Após este informe, aprovou-se a publicação do quadro de greve que será incorporado ao comunicado de instalação do CNG. Houve defesa de que estejam no quadro apenas aquelas que definiram uma data, independentemente de ser 28/5 ou outra data.

Reunião entre SESU/MEC e ANDES no dia 22/05 – Informe prestado por Cláudia March

O Secretário da SESU, Jesualdo Pereira Farias, abriu os trabalhos informando que o Ministro da Educação estava em viagem ao exterior e que o Secretário Executivo do MEC, Luiz Claudio Costa participaria da reunião, chegando logo em seguida. Recuperou brevemente a situação do MEC – três ministros em cinco meses de gestão e desde dezembro do ano passado sem um titular efetivo na Secretaria de Educação Superior do MEC, sendo ele o primeiro a assumir a pasta no novo governo. Destacou que recebeu a pauta do ANDES-SN e já a havia lido, mas que há a necessidade de um estudo mais detalhado e que, naquele momento, não poderia expressar posição sobre os pontos da pauta. Os representantes do ANDES-SN destacaram que os docentes aguardavam efetiva negociação com o MEC, desde abril de 2014, quando, o então Secretário da SESU, Paulo Speller, havia assinado um acordo com os pontos que orientariam a negociação da reestruturação da carreira e que a pauta já era de amplo conhecimento. O Ministro em exercício ressaltou ainda que o Ministério não considera o documento assinado por Paulo Speller como um acordo de fato, posto que o mesmo não estava, à época, autorizado a fazê-lo e que o mesmo havia sido comunicado/repreendido por ter assinado tal documento. O secretário da SESU afirmou que somente a partir de seu retorno de viagem, no dia 2 de junho, poderia realizar reuniões internas no governo para debater o conteúdo de nossa pauta e marcar nova reunião com o ANDES-SN, provavelmente na segunda semana de junho.

 

Informe Nacional – Informe prestado por Giovanni Frizzo

De acordo com as deliberações da última reunião do setor, foi dado encaminhamento às seguintes questões: elaboração do manifesto da educação federal em conjunto com a FASUBRA, SINASEFE, Oposição de Esquerda da UNE e ANEL. Nesta reunião também foi discutida e acordada a construção de uma Plenária Nacional da Educação Federal, com data e local ainda a serem definidos em reunião a ser agendada com as entidades. Foi enviado às seções sindicais, através de Circular, a cartilha da greve, artes de mobilização elaboradas pela imprensa do ANDES-SN e o quadro das conquistas das greves nacionais dos docentes das IFE elaborado pela coordenação do Setor das IFE, assim como o Informandes Especial de mobilização para a construção da greve.

 

Informes das Seções Sindicais

 

ADUFS (Informe prestado pelo delegado Jailton de Jesus Costa)

Os docentes da UFS votaram em assembleia realizada no dia 25/05, a deflagração da greve para o dia 28/05. Foram 146 votos a favor, 28 contrários e 3 abstenções. Ao total, assinaram a lista de presença 208 professores. O primeiro delegado eleito para compor o CNG foi o presidente da ADUFS, Prof. Jailton de Jesus Costa. No mesmo dia, após a AG, o Comando Local de Greve foi instalado e realizou a sua primeira reunião. Na manhã do dia 28/05, professores, técnicos e estudantes se reuniram para a primeira atividade unificada de greve na universidade.  Antes das 7h da manhã, os servidores já estavam na entrada da UFS para fazer o bloqueio dos carros, e em seguida ocorreu um café da manhã para iniciar o ato. No final da manifestação, os presentes se dirigiram para a reitoria a fim de entregar ao reitor a pauta de reivindicações das categorias. A manifestação de hoje foi a primeira de um calendário de atividades que ocorrerão nos próximos dias. Amanhã, 29, os professores do Comando Local de Greve (CLG) farão uma intervenção na reunião do Conselho Universitário (CONSU) e à tarde haverá a partir das 14h um ato das Centrais Sindicais, no Centro da Cidade. Na segunda-feira, dia 01/06, uma nova reunião do CLG vai acontecer na ADUFS durante a tarde para definição das novas atividades.

 

ADUFF (Informe prestado pelo observador Paulo Cruz Terra)

AG foi realizada no dia 21/5, com a presença de 291 docentes. A deflagração da greve foi aprovada com 155 votos favoráveis, 46 contrários e 1 abstenção. No dia 25/5 foi realizada uma reunião com os 3 segmentos em greve. O CUV que seria realizado na quarta-feira, dia 27/05, foi suspenso por falta de fórum, tendo em vista a nota da Reitoria da UFF que expunha que iria fechar a reitoria tendo em vista os boatos de ameaça de invasão pelos grevistas. Os alunos se retiraram do CUV e ocuparam a reitoria, permanecendo lá até o presente momento, tendo tido várias rodadas de negociação com os representantes da reitoria.

Amanhã, dia 29/05 será realizada uma aula pública nas Barcas, em Niterói, sendo atividade organizada conjuntamente com o SEPE. De lá, sairão todos para o ato que será realizado no centro do Rio de Janeiro.

 

APUFPR (Informe prestado pelo observador Cláudio Antônio Tonegutti)

 

A Assembléia Geral (AG) da APUFPR-SSIND realizada em 25/05/2015 não aprovou a entrada em greve. Foram 146 votos a favor da entrada em greve, 266 contra e 7 abstenções. Verificou-se intensa movimentação da administração superior da UFPR contra a greve. Entretanto, essa Assembléia reforçou a mobilização para a paralisação no dia 29 de maio, que já havia sido aprovada em AG anterior. Para o dia 29 de maio, a paralisação no chamada pelas Centrais Sindicais e sindicatos pretende colocar cem mil manifestantes no conjunto das cidades do Paraná onde está sendo organizada. Em Curitiba vai haver um grande ato na região central às 9 horas seguido de uma passeata, às 10 horas, até o Palácio do Governo Estadual. A APUFPR-SSIND tem um Comando de Mobilização instalado pela AG que pretende realizar uma série de atividades visando aumentar a mobilização e também a articulação com as demais categorias. Os servidores técnico-administrativos da UFPR entraram em greve por tempo indeterminado a partir de 28 de maio.

 

ADUFERSA (Informe prestado pelo delegado Magnus Gonzaga)

Deflagração de greve docente na UFERSA a partir do dia 28 de maio.

Favoráveis: 171

Contrários: 25

Abstenções: 8

Encaminhamentos

  1. Os três segmentos da UFERSA irão propor a inclusão na pauta da próxima reunião do CONSUNI (29.05) a suspensão do calendário letivo de 2015.1, a partir do início da greve docente e dos técnicos-administrativos, marcada para o dia 28 do mês corrente.
  2. No primeiro dia da greve (28.05) será realizada atividade conjunta com os servidores técnico-administrativos e estudantes em frente à UFERSA, a partir das 7h.
  3. Nos dias letivos restantes até o início da greve, sugere-se que os docentes conversem com os discentes explicando as razões da greve.
  4. O comando local de greve irá sistematizar as sugestões da assembleia e sugerir um calendário de ações formativas, manifestações e atividades culturais durante o período da greve.
  5. O comando local de greve ficará em constante contato e diálogo com o comando nacional de greve para subsidiar os passos seguintes do movimento na UFERSA.

 

ADUFPA (Informe prestado pelo delegado José Carneiro)

A ADUFPA entrou em greve após duas assembleias realizadas em maio: na primeira, com 68 professores, aprovou o inicio da greve para o dia 28, por unanimidade. Na segunda, com 77 docentes, referendou a aprovação, com 71 votos, 5 abstenções e 1 voto contra. Na manhã do dia 27 promoveu um café cultural, num dos portões do Campus do Guamá, para incentivar um diálogo com a comunidade, distribuição de panfletos e falas de parceiros aliados, junto com os professores. O SINDITIFES, dos servidores técnico-administrativos, também aprovou greve a partir do dia 28. Enquanto isso, a ADUFPA mantém uma luta judicial contra o PROIFES, que tentou, mas não conseguiu, desmembrar os quadros da ADUFPA, ADUFRA e SINASEFE Institutos federais) do ANDES. O Comando Local de Greve foi instalado as 11h do dia 28.

2) ENCAMINHAMENTOS

 

– Participação no dia 29/5, às 10h, no Palácio dos Buritis, ato do DIA NACIONAL DE MOBILIZAÇÃO.

– Participação no dia 29/5, às 17h, na Rodoviária de Brasília, panfletagem chamada pela CSP-CONLUTAS.

 

 

 

Diretoria: Paulo Rizzo / Cláudia March / Jacob Paiva / Giovanni Frizzo / Amauri Fragoso / Maria Regina Moreira.

Comando Nacional de Mobilização: ADUNIR (Sandra Garcia Aguiar – CNM), ADUNIRIO (ENEDINA SOARES – CNM), ADUFMAT (Waldir Bertúlio – CNM).

Delegados: ADUFPA (José Carneiro), ADUFRA (Benedito Gomes Santos Filho), ADUFERSA (Magnus Gonzaga), ADUFS (Jailton de Jesus Costa), ADUFF (Isabella Vitória C. P. Pedroso).

Observadores: APUFPR (Cláudio Antônio Tonegutti), ADUFF (Paulo Cruz Terra).

 

 

 

4) QUADRO ATUALIZADO DAS IFES EM GREVE

 

Número Seção Sindical
01 ADUFAC
02 SINDUFAP
03 ADUFRA
04 ADUFPA
05 SINDUNIFESSPA
06 ADUNIR
07 SINDICEFET-PI
08 ADUFERSA
09 ADFUCG-PATOS
10 ADUFAL
11 ADUFS
12 ADUFPB
13 ADUFOB
14 ADUFMAT
15 ADUFMAT-Rondonópolis
16 ADUFDOURADOS
17 SESDUFT
18 ADUFF

 

 

 


 

 

 

Endereços do CNG

CNG – ANDES/SN – SCS Quadra 02, Bloco C, Ed. Cedro II, 3º andar, Brasília – DF – CEP 70.302-914

 

E-MAIL cngandes@andes.org.br

 

Telefone (61) 3962.8426

(61) 3962.8427