COMUNICADO CNG Nº 11

cropped-cabecalho-novotamanho2-01.jpg

COMUNICADO Nº 11 – 09 DE JUNHO DE 2015

O Comando Nacional de Greve realizou reuniões nos dias 06, 07 e 08 de junho com os seguintes pontos de pauta:

01 – LISTA DE PRESENTES

02 – INFORMES

03 – ENCAMINHAMENTOS

04 – QUADRO ATUALIZADO DA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE NAS IFE

LISTA DE PRESENTES:

Dia 06/06: DiretoriaGiovanni Frizzo e Jacob Paiva. Delegados: ADUFPA (José Carneiro), ADUFRA (José Luiz Moraes), SINDIFPI (Marconis Fernandes Lima), ADUFERSA (Janáiky Pereira de Almeida), ADUFS (Jailton de Jesus Costa), APUB (Sara da Nova Quadros Côrtes), ADUFMAT (Alexandre Paulo Machado) e ADUFDOURADOS (Andérbio Márcio Silva Martins).  Observadores: APUFPR (Adriana Dalagassa), ADUFMAT (Vanessa C. Furtado), Seção Sindical do ANDES na UFSC (Otávio Augusto Alves da Silveira) e ADUFOP (Luiz Seixas).

Dia 07/06: Diretoria: Giovanni Frizzo, Jacob Paiva e André Guimarães. Delegados: ADUFPA (José Carneiro), ADUFRA (José Luiz Moraes), SINDIFPI (Marconis Fernandes Lima), ADUFERSA (Janáiky Pereira de Almeida), ADUFPB (Maria Aparecida Bezerra), ADUFS (Jailton de Jesus Costa), ADUFMAT (Alexandre Paulo Machado) e ADUFDOURADOS (Andérbio Márcio Silva Martins).  Observadores: APUFPR (Adriana Dalagassa), ADUFMAT (Vanessa C. Furtado) e Seção Sindical do ANDES na UFSC (Otávio Augusto Alves da Silveira).

Dia 08/06: Diretoria: Giovanni Frizzo e André Guimarães. Delegados: ADUFPA (José Carneiro), ADUFRA (José Luiz Moraes), SINDIFPI (Marconis Fernandes Lima), ADUFERSA (Janáiky Pereira de Almeida), ADUFPB (Maria Aparecida Bezerra), ADUFS (Jailton de Jesus Costa) e ADUFMAT (Alexandre Paulo Machado).  Observadores: APUFPR (Adriana Dalagassa), ADUFMAT (Vanessa C. Furtado) e Seção Sindical do ANDES na UFSC (Otávio Augusto Alves da Silveira).

INFORMES:

Dia 06/06: Não houve.

Dia 07/06: Foi informada a participação do ANDES-SN no 54º Congresso da UNE, 3º Congresso da Anel e II Congresso da CSP-CONLUTAS, eventos estes que tratam da conjuntura da educação e das lutas sociais, especialmente neste momento em que foi deflagrada a greve nacional dos docentes das IFE. 

Dia 08/06: Informe do 2º Congresso da CSP-Conlutas prestado por André Rodrigues Guimarães – No período de 4 a 7 de junho ocorreu o 2º Congresso da CSP-Conlutas com cerca de 2.700 participantes, delegados e observadores, de entidades sindicais, populares e estudantis. Na conjuntura atual a realização do Congresso e o plano de ações aprovados apresentam-se como fundamentais para a organização e luta da classe trabalhadora brasileira. O ANDES-SN participou com uma expressiva representação de diversas Seções Sindicais (cerca de 80 participantes). As proposições apresentadas pelo ANDES-SN foram acatadas pelo Congresso, excetuando-se a proposta de considerar o número de sindicalizados como critério para definição do número de delegados nas instâncias deliberativas da Central (que será levada para discussão na CSP-Conlutas).

ENCAMINHAMENTOS:

Carta do CNG-ANDES/SN aos movimentos sociais e entidades sindicais internacionais

A defesa do ensino público, gratuito e de qualidade no Brasil e a compreensão da educação laica como fundamental no processo de formação dos sujeitos sociais são partes essenciais da história do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN). Soma-se a esta trajetória o apoio e fortalecimento às lutas da população brasileira no enfretamento à ditatura e governos autoritários e na reivindicação por serviços públicos que atendam às suas necessidades de saúde, educação, segurança, moradia, transporte, dentre outros direitos sociais básicos.

Portanto, diante de um contexto em que testemunhamos a regressão dos direitos conquistados, de contrarreforma das políticas públicas, de precarização das condições de vida e trabalho dos(as) trabalhadores(as), repressão e criminalização dos movimentos sociais combativos, os docentes federais estão em greve desde o dia 28 de maio de 2015. A construção da greve nacional se dá em uma conjuntura bastante adversa; sob o discurso da “Pátria Educadora” há a intensificação do projeto de desmonte das Instituições Federais de Ensino – IFE, por meio dos cortes no orçamento, desvalorização da carreira docente e a retirada de direitos trabalhistas, dentre outras ações que concretizam o processo de privatização dessas instituições. Assim, a greve se constitui como modo de enfrentamento da categoria a esses ataques e também uma resposta a mais de um ano sem efetiva negociação de nossas pautas, por parte do governo federal.

As categorias que atuam na educação pública tem intensificado as lutas contra os governos que implementam, de forma subordinada, a agenda empresarial de mercantilização da educação orquestrada pelos organismos internacionais. Além dos docentes federais, é importante destacar a forte greve nacional dos técnico-administrativos em educação convocada pela FASUBRA, as grandes mobilizações que os estudantes têm realizado, a greve dos docentes das universidades estaduais e o grande contingente de greves da educação básica nas redes públicas de ensino.

São essas as questões que nos levam a conclamar os movimentos sociais e entidades sindicais internacionais a se solidarizarem com a nossa luta. Esta batalha não é só dos docentes, mas de todos aqueles/as que acreditam na luta para garantir uma educação pública, gratuita e de qualidade e para que não tenhamos nenhum “passo atrás” nas importantes conquistas históricas da classe trabalhadora.

Da mesma maneira, nos solidarizamos com todos os movimentos sociais e entidades sindicais internacionais que compartilham conosco os objetivos de nossa luta.

COMANDO NACIONAL DE GREVE

Brasília, 7 de junho de 2015.

E-mail para envio de moções de apoio: cngsecretaria@andes.org.br

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA GREVE – DIA NACIONAL DOS APAIXONADOS PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA

capafacebook_12dejunho

Panfleto_12dejunho_docentesfederais-verso Panfleto_12dejunho_docentesfederais-frente Cartaz_12dejunho_SSIND

QUADRO ATUALIZADO DA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE NAS IFE:

(Em destaque as Seções com novas deflagrações).

Número Seção Sindical IFE
01 ADUFAC Universidade Federal do Acre
02 ADUA Universidade Federal do Amazonas
03 SINDUFAP Universidade Federal do Amapá
04 ADUFRA Universidade Federal Rural da Amazônia
05 ADUFPA Universidade Federal do Pará
06 SINDUNIFESSPA Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
07 ADUFOPA Universidade Federal do Oeste do Pará
08 ADUNIR Universidade Federal de Rondônia
09 SESDUFT Universidade Federal de Tocantins
10 SINDCEFET-PI Instituto Federal do Piauí
11 ADUFERSA Universidade Federal Rural do Semiárido
12 ADUFAL Universidade Federal de Alagoas
13 ADUFS Universidade Federal de Sergipe
14 ADUFPB Universidade Federal da Paraíba
15 APUB Universidade Federal da Bahia
16 ADUFOB Universidade Federal do Oeste da Bahia
17 APRUMA Universidade Federal do Maranhão
18 ADUFCG-PATOS Universidade Federal de Campina Grande – Patos
19 ADUC Universidade Federal de Campina Grande – Cajazeiras
20 ADUFMAT Universidade Federal do Mato Grosso
21 ADUFMAT- RONDONÓPOLIS Universidade Federal do Mato Grosso – Rondonópolis
22 CAMPUS GOIÁS Universidade Federal de Goiás
23 ADUFDOURADOS Universidade Federal da Grande Dourados
24 ADUFF Universidade Federal Fluminense
25 ADOM Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri