Caravana Nacional em Defesa da Educação Pública ocorre no dia 7 de julho

CARTAZ FINAL

Reunião da educação federal será realizada no dia anterior

Docentes, técnico-administrativos em educação e estudantes se preparam para realizar um grande ato em Brasília (DF) no dia 7 de julho. A Caravana Nacional em Defesa da Educação Pública, organizada por ANDES-SN, Fasubra, Sinasefe, Anel e Oposição de Esquerda da UNE, será precedida por uma reunião da educação federal no dia 6 de julho, que debaterá a situação de crise pela qual passam as Instituições Federais de Ensino (Ife) – potencializada pelos recentes cortes orçamentários.

André Guimarães, um dos coordenadores do Setor das Ifes do ANDES-SN, ressalta a importância das seções sindicais organizarem caravanas para Brasília nos dias 6 e 7 de julho. “É importante a realização de caravanas em conjunto com os servidores e com os estudantes, para fazer uma boa e massiva atividade, que expresse a unidade das categorias contra os cortes no orçamento e em defesa da educação pública”, disse o docente.

O diretor do Sindicato Nacional lembra ainda que no dia 7 também haverá reunião dos servidores públicos federais com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), o que, segundo ele, reforça ainda mais a importância da participação da categoria nos dois dias de mobilizações e debates na capital federal.

Reunião da educação federal

A reunião da educação federal ocorrerá no dia 6 de julho, a partir das 9h, no Brasília Imperial Hotel. Pela manhã haverá uma mesa de conjuntura com falas das entidades organizadoras. Pela tarde os presentes se dividirão em grupos de trabalho para debater a situação da educação pública e, especialmente, os cortes orçamentários. Em seguida, haverá uma plenária final com apresentação dos debates dos grupos e aprovação de um manifesto – que será lançado no dia seguinte, durante a caravana.

Confira aqui o cartaz da Caravana Nacional em Defesa da Educação Pública e da reunião da educação federal para impressão.