Comando de Greve participa de ato contra redução da Maioridade Penal na terça (30)

a-juventude-é-a-principal-vítimaA orientação é que os docentes se somem às atividades nos estados, para fortalecer a luta contra a aprovação da PEC 171/93.

O Comando Nacional de Greve dos docentes federais do ANDES-SN indicou que as seções sindicais participem das ações que ocorrerão nesta terça-feira (30) contra a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, que deve ocorrer na Câmara dos Deputados.

De acordo com o Comunicado 19 do CNG “Em todo o país, cresce a mobilização contrária à aprovação da redação da maioridade penal e o CNG considera importante que esta luta seja assumida nas atividades da greve, se some à iniciativa estudantil, da juventude e de diversas entidades que estarão realizando ato de protesto em Brasília nesta data”.

Em Brasília (DF), o Comando Nacional de Greve se juntará as demais entidades sindicais e movimentos sociais que integrarão a atividade organizada pelo movimento estudantil, com concentração na Catedral de Brasília, às 9h, e passeata rumo ao Congresso Nacional.

Tramitação

O texto, por se tratar de uma PEC, será votado em dois turnos nos plenários da Câmara e do Senado e, se aprovado, passa a valer sem precisar ir para sanção presidencial.

Leia também:

PEC da redução da maioridade penal é aprovada as pressas em comissão da Câmara 

*Imagem de Anel