COMUNICADO Nº 26 – 20 DE JULHO DE 2015

cropped-cabecalho-novotamanho2-01

COMUNICADO Nº 26 – 20 DE JULHO DE 2015

O Comando Nacional de Greve realizou reunião nos dias 18 e 20 de julho, com os seguintes pontos de pauta:

01 – LISTA DE PRESENTES

02 – INFORMES

03 – ENCAMINHAMENTOS

04 – NOTA DE SOLIDARIEDADE À ADUFF-SSind 

05 – QUADRO ATUALIZADO DA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE NAS IFE

LISTA DE PRESENTES:

18/07/2015 Diretoria: Paulo Rizzo, André Rodrigues Guimarães Delegados: Guilhermina de Melo Terra (ADUA), Avery Veríssimo (SESDUF-RR), Suelene Pavão (ADUFPA), José Luiz Moraes (ADUFRA), Rigler Aragão (SINDUNIFESSPA-SSIND), Tadeu Lopes Machado (SINDUFAP), Saulo Pinto Silva (APRUMA), Magnus Gonzaga (ADUFERSA), Francileide de Araújo Rodrigues (ADUFPB), Josevaldo P. Cunha (ADUFCG), Henrique José Praxedes Cahet (ADUFAL), Bernardo Ordoñez (APUB), Carla Benitez Martins (ADCAJ), Águeda Aparecida da Cruz Borges (ADUFMAT-CUA), Ivone Ferreira da Silva (ADUFMAT-CUA), Reinaldo dos Santos (ADUFDOURADOS), Antonio Rodrigues Belon (ADLESTE), Gustavo Costa de Souza (ADUFLA), Luciana Santos Collier (ADUFF) Observadores: Arturo Gouveia (ADUFPB), Elisângela Silva Porto Sales (ADUFCG), Daniela Hoffmann (ADUFPEL).

* Obs.: A professora Águeda Aparecida da Cruz Borges (ADUFMAT-CUA) esteve como delegada até às 12h, sendo posteriormente substituída pela delegada Ivone Ferreira da Silva (ADUFMAT-CUA).

20/07/2015 Diretoria: Paulo Rizzo; André Rodrigues Guimarães, Renata Rena Rodrigues, Maria Regina Ávila, Vânia Lezan Kowalczuk (à noite), Cláudia March (à noite), Fausto de Camargo Jr  (à noite), Amauri Fragoso (à noite).  Delegados: Guilhermina de Melo Terra (ADUA), Avery Veríssimo (SESDUF-RR), Suelene Pavão (ADUFPA), José Luiz Moraes (ADUFRA), Rigler Aragão (SINDUNIFESSPA-SSIND), Tadeu Lopes Machado (SINDUFAP), Magnus Gonzaga (ADUFERSA), Francileide de Araújo Rodrigues (ADUFPB), Josevaldo P. Cunha (ADUFCG), Henrique José Praxedes Cahet (ADUFAL), Airton Paula Souza (ADUFS), Bernardo Ordoñez (APUB), Juliano Pereira Campos (APUR), Ivone Ferreira da Silva (ADUFMAT-CUA), Reinaldo dos Santos (ADUFDOURADOS), Janaína Montagner (ADLESTE), Gustavo Costa de Souza (ADUFLA), Salatiel Menezes (ADUFRJ), Luciana Santos Collier (ADUFF) Observadores: Arturo Gouveia (ADUFPB), Elisângela Silva Porto Sales (ADUFCG), Daniela Hoffmann (ADUFPEL), Amanda Chaves Pinheiro (APESJF).

INFORMES:

20/07/2015

Reunião dos Servidores Públicos Federais no ANDES-SN

Paulo Rizzo informou a ocorrência, na tarde de 20 de julho,  às 13h30,  na sede do ANDES-SN, de uma reunião com os representantes dos SPF, antes de seguirem para a audiência com o MPOG às 16h.

Reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais com a Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (SRT/Mpog)

Realizou-se hoje mais uma reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais com a Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (SRT/Mpog). O CNG-ANDES-SN esteve representado por Paulo Rizzo e Reinaldo dos Santos (delegado da ADUFDourados). Nela o governo manteve a proposta de reajuste salarial de 21,3%, parcelado em quatro anos, acrescentando a proposição de incluir uma cláusula no termo de acordo, que caso a inflação acumulada em 2017 fique acima de determinado índice, poderia ser corrigido.

Apresentou, pela primeira vez, uma proposta para benefícios. Para os auxílios alimentação e saúde, sem reajuste há três anos, o governo propôs correção de 22,8%, o primeiro passaria a ser R$ 458 e o último proporcional por faixa etária, sendo o mínimo R$ 101 e o máximo R$ 205. Já o auxílio creche, desde 1995 sem correção inflacionária, o acúmulo representa um reajuste de 317%, variando de acordo com os valores praticados em cada estado.

Todas as entidades reafirmaram a posição de que não aceitam o reajuste parcelado em quatro anos, e reclamaram não haver resposta para os demais itens da pauta, como a negociação coletiva, liberação de dirigentes para atividade sindical, entre outros.

Ao final da reunião, O Secretário declarou que a proposta estava apresentada, que o governo havia feito a sua parte na negociação e que caberia ao fórum avaliar as propostas e também ceder em suas propostas originais. A próxima reunião deverá ser na próxima semana, entre sete e dez dias.

O Fórum iniciou uma reunião após a audiência, mas como várias entidades não estavam presentes, a reunião foi adiada para esta terça-feira à noite, para avaliar a audiência e definir os próximos encaminhamentos.

No dia 22 (quarta-feira), os SPF realizam uma grande marcha à Brasília, com concentração às 9h, em frente à Catedral. Os manifestantes percorrerão a Esplanada dos Ministérios, até o Palácio do Planalto, onde buscarão audiência junto à Secretaria Geral da Presidência. Na tarde deste mesmo dia, acontece a reunião entre o ANDES-SN e a SRT/Mpog.

Marcha dos SPF e Mesa Setorial do ANDES-SN no MPOG
André Guimarães informou que a Marcha dos SPF, dia 22 de julho/2015, em Brasília, terá sua concentração às 9h, em frente à Catedral. Na tarde desse mesmo dia o ANDES-SN participará de Mesa Setorial com o MPOG e nessa ocasião o CNG/ANDES-SN fará, junto com as nossas delegações que vierem para a Marcha, um ato a partir das 14h30, em frente ao MPOG, Bloco C, na Esplanada dos Ministérios.

ENCAMINHAMENTOS:

– Fortalecer nossa participação na Marcha dos SPF, em Brasília, no dia 22 de julho/2015, cuja concentração será às 9h, em frente à Catedral;
– Participar, com as nossas caravanas que virão para a Marcha dos SPF, dia 22 de julho/2015, do Ato do ANDES-SN, às 14h30, em frente ao MPOG, Bloco C, na Esplanada dos Ministérios;
– Realizar vigílias, atos e/ou outras atividades nos CLGs, no dia 22 de julho/2015, a partir de 15h, por ocasião da Mesa Setorial com o MPOG. 

NOTA DO COMANDO NACIONAL DE GREVE DO ANDES-SN EM SOLIDARIEDADE À ADUFF-SSind

O Comando Nacional de Greve compreende que os espaços sindicais devem se caracterizar pelo combate a todas as formas de opressão e violência. Por esta razão, causam especial preocupação os fatos ocorridos na reitoria da UFF no último dia 15, conforme informações prestadas pelo Comando Local de Greve (http://grevedauff2015.blogspot.com.br/) e pela Diretoria da ADUFF-Ssind (http://aduff.org.br/_novosite/noticias/?noticia_ano=2015&noticia_id=5614).

Diante dos fatos ocorridos, o CNG manifesta solidariedade a todas as pessoas atingidas por atos de violência física e simbólica, especialmente aqueles carregados de opressão racial e de gênero. Da mesma forma o CNG repudia as calúnias dirigidas à ADUFF-SSind que tem o objetivo central de atacar o movimento docente em greve. Em notas que circulam nas redes sociais, de forma irresponsável e mal intencionada, inclusive com o envolvimento de Sidney Melo, Reitor da UFF, manipula-se as informações para acusar a Seção Sindical e sua Diretoria por atitudes individuais. Apoiamos as iniciativas da ADUFF-SSind de exigir a apuração de todos os fatos.

Passamos por um momento crítico de defesa do caráter público da universidade e por isso conclamamos docentes, estudantes e técnicos administrativos à continuidade desta luta, que se insere substancialmente na defesa radical de uma sociedade democrática e livre de opressões.

Brasília, 18/07/2015

Encaminhamento:

O CNG assina a nota abaixo e chama os comandos locais de greve e as seções sindicais a também assinarem e a buscarem a adesão de outras entidades, comunicando as adesões ao CNG-ANDES-SN (cngsecretaria@andes.org.br) e à ADUFF-Ssind (aduff@aduff.org.br).

Nota de solidariedade à ADUFF-SSind

Ao longo de sua trajetória de mais de 35 anos de atividades, a ADUFFSSind tem se pautado por uma luta incessante em defesa de uma Universidade Pública, Gratuita e de Qualidade, voltada para os interesses da maioria da população. Da mesma forma, vem se destacando pela defesa de uma sociedade livre de exploração e de opressões de qualquer espécie. Tal luta se materializa em apoio concreto (e luta conjunta), cotidiano, ao conjunto do sindicalismo classista e combativo e aos movimentos sociais de uma forma geral que se posicionam claramente na mesma perspectiva de luta por uma outra forma societária, em que o caminho para a superação da exploração e das opressões seja pavimentado pela construção coletiva de uma humanidade emancipada. Por acompanharmos essa trajetória e reconhecermos o papel representado pela ADUFF-SSind nas lutas sociais locais, regionais e nacionais, nós – entidades e pessoas – abaixo assinados, manifestamos nossa solidariedade frente aos ataques políticos que, em meio a uma greve, em defesa da Universidade Pública, essa Seção Sindical do ANDES-SN vem sofrendo. Da mesma forma, condenando todas as formas de violência física e simbólica, e especialmente aquelas que carreguem conteúdo de opressão racial, de gênero, ou de qualquer outra natureza, manifestamos nossa solidariedade a todas as pessoas atingidas pelos fatos ocorridos em 15/07/2015 na reitoria da UFF (para informes mais completos, vide os relatos em http://grevedauff2015.blogspot.com.br) e, particularmente, à Professora Renata Vereza, presidente da entidade, agredida verbalmente, por dois membros dos conselhos superiores da UFF, de forma machista naquela tarde e, nos dias seguintes, vítima de assédio, decorrente, em última análise, de sua intransigente militância em defesa da Universidade Pública.

QUADRO ATUALIZADO DA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE NAS IFE:

(Em destaque as Seções com novas deflagrações)

N Seção Sindical IFE
01 ADUFAC Universidade Federal do Acre
02 ADUA Universidade Federal do Amazonas
03 SINDUFAP Universidade Federal do Amapá
04 ADUFRA Universidade Federal Rural da Amazônia
05 ADUFPA Universidade Federal do Pará
06 SINDUNIFESSPA Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
07 SINDUFOPA Universidade Federal do Oeste do Pará
08 ADUNIR Universidade Federal de Rondônia
09 SESDUF-RR Universidade Federal de Roraima
10 SESDUFT Universidade Federal de Tocantins
11 SINDIFPI Instituto Federal do Piauí
12 ADUFERSA Universidade Federal Rural do Semiárido
13 ADUFAL Universidade Federal de Alagoas
14 ADUFS Universidade Federal de Sergipe
15 ADUFPB Universidade Federal da Paraíba
16 SINDUNIVASF Universidade do Vale do São Francisco
17 APUB Universidade Federal da Bahia
18 APUR Universidade do Recôncavo da Bahia
19 ADUFOB Universidade Federal do Oeste da Bahia
20 APRUMA Universidade Federal do Maranhão
21 ADUFCG Universidade Federal de Campina Grande
22 ADUFCG-PATOS Universidade Federal de Campina Grande – Patos
23 ADUC Universidade Federal de Campina Grande – Cajazeiras
24 ADUFMAT Universidade Federal do Mato Grosso
25 ADUFMAT- RONDONÓPOLIS Universidade Federal do Mato Grosso – Rondonópolis
26 CAMPUS GOIÁS Universidade Federal de Goiás
27 ADCAJ Universidade Federal de Goiás – Jataí
28 ADCAC Universidade Federal de Goiás – Catalão
29 ADUFDOURADOS Universidade Federal da Grande Dourados
30 ADUFMS Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
31 SESDIFMT Instituto Federal do Mato Grosso
32 ADLESTE Universidade Federal do Mato Grosso do Sul – Três Lagoas
33 ADUFF Universidade Federal Fluminense
34 ADUFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro
35 ADOM Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – Campus de Mucuri
36 ADUFLA Universidade Federal de Lavras
37 SINDFAFEID ou ADUFVJM Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – Diamantina
38 CLG – UFSC Universidade Federal de Santa Catarina
39 SEÇÃO SINDICAL DO ANDES-SN na UFRGS  Universidade Federal do Rio Grande do Sul
40 CLG – UNILAB Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira
41 ADUFOP  Universidade Federal de Ouro Preto