Movimento de Resistência Popular ocupa hotel no centro de Brasília (DF)


Comando Nacional de Greve esteve no local para prestar solidariedade

Cerca de 200 famílias do Movimento de Resistência Popular (MRP) ocupam desde a madrugada desta segunda-feira (14) um hotel na área central de Brasília (DF). O Hotel Saint Peter estava fechado desde março deste ano, devido a uma ordem de despejo. O MRP luta pelo direito à moradia digna e auxílio aluguel.
IMG_0045_selecionada

Em nota, o MRP explicou que a ocupação do hotel foi consequência da ação da Polícia Militar, no sábado (12), em que o batalhão de choque invadiu o acampamento do MRP localizado em frente à Secretaria de Fazenda do Distrito Federal e expulsou as famílias ali acampadas em centenas de barracas há mais de 70 dias. “Pais e mães de família, sem ter a opção de uma lar para viver, dormiam há mais de dois meses no relento e, mesmo assim, foram duramente despejados na manhã de ontem. Na madrugada de hoje [14], estas família, sem ter opção, reorganizaram-se e ocuparam o Hotel Saint Peter, que fica no Setor Hoteleiro Sul e ao lado do Hotel Nacional”.

O movimento afirma, ainda na nota, que as famílias ocuparão o local até o governo do Distrito Federal destinar uma área para abrigá-las. “As pessoas não têm pra onde ir, sendo a única opção rua e rua, por isso, ocuparam o prédio que está abandonado. O Governo diz ter um terreno na Ceilândia [Região Administrativa do Distrito Federal], pois exigimos este terreno”, cobra em nota, o MRP.

Solidariedade do CNGbrincadeira
O Comando Nacional de Greve dos docentes federais do ANDES-SN esteve no local para prestar solidariedade às famílias que ocupam o hotel e lutam pelo direito à cidade e à moradia.
*Com informações da CSP-Conlutas