Servidores Federais chamam paralisação nacional no dia 23 em repúdio ao pacote de ajustes do Governo

spf01

Diante da conjuntura e do novo pacote de ajustes apresentado nesta segunda-feira (14) pelo governo federal, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais definiu, em reunião realizada na noite desta terça-feira (15), pela realização de um dia nacional de paralisação do serviço público em 23 de setembro, com atividades radicalizadas nos estados e manifestação em Brasília.

Foi consenso no Fórum, composto por 23 entidades nacionais do funcionalismo federal, o repúdio e rejeição aos novos cortes anunciados, que retiram mais direitos dos trabalhadores, confiscam os salários dos servidores, congelam a realização de concursos públicos e aprofundam o desmonte do serviço público, atacando o direito da sociedade a serviços públicos, gratuitos e de qualidade.spf02

Nessa mesma data (23/9), o Fórum dos SPF realizará manifestação nos estados e em Brasília, buscando unidade com outros setores dos movimentos sociais (MST, MTST, SOS emprego, entre outras entidades), ampliando a mobilização e a pressão junto ao governo para rever os ataques aos trabalhadores.

O Fórum dos SPF irá encaminhar um manifesto público de rejeição ao pacote de ajustes do governo federal a ser encaminhado à Presidência da República e aos presidentes da Câmara e do Senado e amplamente divulgado à sociedade, apontando saídas para a crise fiscal que não retirem direitos dos trabalhadores, como a auditoria da dívida pública e a taxação de grandes fortunas.

A reunião do Fórum dos SPF contou com a participação de 63 dirigentes, representantes de 19, das 23 entidades nacionais que compõem o Fórum.